del 3

Bitcoin em El Salvador: o que isso significa para o país?

O presidente de El Salvador, Nayib Bukele trabalhou para que o Congresso aprovasse seu plano para tornar o país o primeiro a usar Bitcoin como uma moeda legal. De acordo com o projeto de lei, os salvadorenhos agora podem pagar impostos em Bitcoin, e os “agentes econômicos” serão obrigados a aceitar a criptomoeda como pagamento por bens e serviços.

O dólar americano continuará a circular junto com o Bitcoin como moeda nacional na nação centro-americana, mas o projeto aprovado pelo Congresso prevê a criação de um fundo que será usado para garantir a conversibilidade do Bitcoin em dólares.

Mas qual o pensamento por trás disso?

Em El Savlador, as remessas representam cerca de 20% do produto interno bruto do país, com sua origem fundamentalmente de salvadorenhos que trabalham nos EUA. Bukele diz que grande parte destes valores se perdem em taxas de transferência, e que o Bitcoin poderia ajudar a reduzir esta perda. El Salvador é conhecida como uma economia dolarizada, onde as decisões fiscais e monetárias do governo dos Estados Unidos e do Federal Reserve apresentam um impacto tremendo no país. A adoção do Bitcoin poderia dar à nação mais independência?

A verdade é que muitos bancos centrais já estão desenvolvendo suas próprias moedas digitais, mas ainda estão muito distantes de modelos como o Bitcoin, cujo mecanismos valorizam sua independência. É aguardar para ver.

#byebnk #juntostransformamososeumundo #bemvindoanovo #tchaubanco

36 replies to “Bitcoin em El Salvador: o que isso significa para o país?”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.