Fatores de Risco

  1. Inexistência de garantia de retorno de investimento: as características de investimento em Criptomoedas diferem das características do investimento em moedas, commodities ou valores mobiliários tradicionais. Investir e/ou negociar Criptomoedas envolve muitos riscos e pode não ser adequado para todos os investidores. Criptomoedas detidas pela Carteira não conferem qualquer direito específico ao USUÁRIO. O BYEBNK não tomará nenhuma medida para minimizar a volatilidade ou gerenciar riscos inerentes às Criptomoedas. Criptomoedas são extremamente voláteis e os resultados do investimento podem variar substancialmente ao longo do tempo. Não há garantia de que quaisquer lucros serão alcançados ou que perdas substanciais ou completas não serão incorridas pela Carteira;

  2. Perda Total de Capital: Enquanto todos os investimentos arriscam a perda de capital, os investimentos em Criptomoedas devem ser considerados, substancialmente, mais especulativos e significativamente mais propensos a resultar em uma perda total de capital do que outros investimentos. Além disso, o BYEBNK pode não proteger perdas potenciais nem tomar decisões de investimento com base no preço de uma determinada Criptomoeda. Consequentemente, um investimento pela Carteira em Criptomoedas poderá resultar na perda total do capital investido;

  3. Regime Regulamentar em Desenvolvimento: O regime regulatório de Criptomoedas, as tecnologias de blockchain, as ofertas iniciais de moedas (ICOs) e as trocas de Criptomoeda não estão desenvolvidas, variam significativamente entre as jurisdições e estão sujeitas à incerteza significativa. Vários órgãos legislativos e executivos estão atualmente considerando ou podem, no futuro, criar leis, regulamentos, orientações ou outras ações, o que pode afetar severamente a capacidade de investimento da Carteira nesse tipo de ativo. O descumprimento por parte da Carteira de quaisquer leis, regras e regulamentos, alguns dos quais podem ainda não existir ou estão sujeitos à interpretação e podem estar sujeitos a alterações, podem resultar em consequências adversas, incluindo sanções civis e multas. É possível que qualquer jurisdição possa, em um futuro próximo ou distante, adotar leis, regulamentos, políticas ou regras que afetem direta ou indiretamente a rede de Criptomoedas em geral, ou restrinjam o direito de adquirir, possuir, manter, vender, converter, negociar, ou usar Criptomoedas, ou trocar Criptomoedas para moeda de curso legal ou outras Criptomoedas. Os desenvolvimentos regulatórios podem alterar a natureza do negócio da Carteira ou restringir o uso de ativos de blockchain ou a operação de uma rede de blockchain em que a Carteira se baseia para investir em Criptomoedas por meio da Exchange, causando um efeito negativo à Carteira. Quaisquer obrigações regulamentares adicionais podem fazer com que a Carteira incorra em despesas extraordinárias, não recorrentes e/ou despesas de conformidade contínuas, possivelmente afetando um investimento em Criptomoeda e, consequentemente, na Carteira, de forma prejudicial;

  4. Falta de Garantia pelos Bancos Centrais:  As Criptomoedas que operam como meio de troca não são emitidos ou garantidos por qualquer banco central ou uma organização nacional ou internacional, e não há garantia de que tais Criptomoedas possam funcionar como um meio de troca legal em qualquer jurisdição. Determinadas jurisdições proibiram completamente a utilização de determinadas Criptomoedas e outros criptoativos;

  5. Utilização de Terceiros: Como um produto e tecnologia relativamente novos, Criptomoedas (como o Bitcoin) ainda não são amplamente adotados como forma de pagamento de bens e serviços. Os bancos e outras instituições financeiras podem se recusar a transferir fundos para operações de Criptomoedas, processar transferências eletrônicas ou de trocas de Criptomoedas, para empresas relacionadas a blockchain ou fornecedores de serviços, ou manter contas para pessoas ou instituições que fazem operações em Criptomoedas;

  6. Ambientes de Negociação Não Regulamentados: Os ambientes de negociação de Criptomoedas são relativamente novos e em grande parte não regulamentados e, portanto, podem estar mais expostas a roubo, fraude e falha em relação aos mercados regulamentados de outros ativos. Os ambientes de negociação geralmente exigem que dinheiro seja depositado antecipadamente para comprar Criptomoedas, e nenhuma garantia pode ser dada que esses recursos depositados serão recuperados. Além disso, após a venda das Criptomoedas, pode demorar diversos dias úteis até que o produto da alienação possa ser recebido em espécie. A participação nos ambientes de negociação exige que os usuários assumam o risco de crédito, transferindo Criptomoedas de uma conta pessoal para a conta de terceiros. A Carteira assumirá o risco de crédito de uma sociedade que opera um ambiente de negociação toda vez que realizar uma operação, inclusive o risco de crédito da própria Exchange;

  7. Limites de Operação: Os ambientes de negociação de Criptomoedas podem impor limites de operação ou de distribuição diários, semanais, mensais ou específicos do USUÁRIO ou suspender totalmente os saques, tornando a troca de moeda virtual para moeda de curso legal difícil ou impossível. Além disso, os preços e avaliações de Criptomoeda nos ambientes de negociação virtuais são voláteis e sujeitos à influência de muitos fatores, incluindo os níveis de liquidez nas trocas e interferências e interrupções operacionais. Os preços e a avaliação de Criptomoedas continuam sujeitos a qualquer volatilidade experimentada pelos ambientes de negociação virtuais, e essa volatilidade pode afetar negativamente um investimento em Criptomoeda e, consequentemente, a Carteira;

  8. Riscos de Invasão: Os ambientes de negociação de Criptomoedas são alvos atrativos para a cibercriminalidade, hackers e malware (software danificadores). É possível que qualquer ambiente de negociação suspenda suas operações devido a roubo, fraude, invasão de segurança, problemas de liquidez ou investigação do governo. Além disso, os bancos podem se recusar a processar transferências eletrônicas ou de trocas. Ao longo dos últimos anos, muitos ambientes de negociação foram, de fato, fechados por fraude; roubo; envolvimento regulamentar ou do governo; falhas ou invasões de segurança ou questões bancárias;

  9. Falta de Acesso: Os ambientes de negociação de Criptomoedas podem ser desligados ou ficar offline voluntariamente, não tendo o BYEBNK qualquer ingerência sobre a funcionalidade das plataformas de negociação de Criptomoedas em que a Carteira opere. Consequentemente, um ambiente de negociação pode ser incapaz de recuperar Criptomoedas perdidos ou solicitar o reembolso por qualquer roubo de Criptomoedas, afetando negativamente um investimento em Criptomoeda e, consequentemente, a Carteira;

  10. Dificuldades Relacionadas aos Ambientes de Negociação: Quaisquer dificuldades financeiras, de garantia ou operacional experimentada pelas plataformas de negociação de Criptomoedas podem resultar na incapacidade da Carteira de recuperar dinheiro e/ou as Criptomoedas. Além disso, a Carteira pode não conseguir recuperar Criptomoedas que aguardem transmissão para dentro ou para fora da Exchange, o que pode afetar negativamente um investimento em Criptomoeda e, consequentemente, a Carteira. Além disso, na medida em que um ambiente de negociação de Criptomoeda, que represente uma parcela substancial do volume negociado em determinada Criptomoeda, estiver envolvido em fraude ou falhas de segurança ou experimente outros problemas operacionais, tais falhas podem resultar em perda ou preços menos favoráveis de uma Criptomoeda em particular, o que pode afetar negativamente a Carteira e suas operações e investimentos;

  11. Inexistência de Garantias: Devido à natureza dos processos de comunicação eletrônica, os ambientes de negociação Criptomoedas geralmente não garantem que seus sites ou plataformas eletrônicas serão ininterruptas, sem atraso, sem erros, livres de omissões ou vírus. Portanto, as informações e os serviços fornecidos desses prestadores de serviços normalmente são fornecidos “como estão”, sem garantias de qualquer natureza, expressas ou implícitas, incluindo precisão, pontualidade e completude;

  12. Falta de Proteção ao Investidor: Ao negociar Criptomoedas, os investidores geralmente não são protegidos por quaisquer direitos típicos de mercados organizados tradicionais. Inter alia, os débitos não autorizados ou incorretos das carteiras digitais não podem em regra ser revertidos. A aceitação de Criptomoedas por terceiros também não é garantida e é baseada nos critérios destes terceiros e/ou acordos contratuais, que podem ser suspensos a qualquer momento e sem aviso prévio;

  13. Flutuações Rápidas no Valor: Um grande risco na negociação de Criptomoedas é a rápida flutuação do preço de mercado desses ativos. O valor do patrimônio líquido da Carteira deve se relacionar diretamente com o valor das Criptomoedas mantidos na Carteira e as flutuações no preço destes ativos podem afetar materialmente o valor do patrimônio líquido da Carteira. Não há garantia de que a Carteira poderá alcançar um preço melhor do que a média do preço de mercado para suas Criptomoedas ou comprará tais ativos ao preço mais favorável disponível. O preço de Criptomoedas pode ser afetado geralmente por uma grande variedade de fatores complexos e difíceis de prever, como oferta e demanda; comissões e taxas para o registro de transações na cadeia aplicável; disponibilidade e acesso a prestadores de serviços de moeda virtual (como processadores de pagamento); ambientes de negociação; mineradores ou outros usuários da cadeia e participantes do mercado; vulnerabilidade de segurança; níveis de inflação; política fiscal; taxas de juros e eventos políticos, naturais e econômicos;

  14. Riscos de Precificação: Existe uma dificuldade estrutural de precificação, a valor justo, desses investimentos, em especial quando se tratarem de alternativas menos líquidas. Nestes casos a precificação dos ativos poderá estar comprometida refletindo uma incerteza em relação ao valor justo das Criptomoedas em Carteira;

  15. SoftForks e HardForks: Algumas Criptomoedas podem sofrer SoftForks ou Hardforks. Estes forks são “divisões” do blockchain que geram adicionalmente a Criptomoeda inicial uma outra com um protocolo diferente. O manuseio destas novas Criptomoedas, que passarão a fazer parte da Carteira, pode levar tempo e resultar em perdas destas novas moedas ou mesmo influenciar na liquidez, posse e manuseio em geral da Criptomoeda original. Estes Forks podem ser programados pelos próprios emissores ou feita à revelia por um grupo dissidente o que pode dificultar sobremaneira o manuseio de nova Criptomoeda. Além disto, a precificação destas novas Criptomoedas que a Carteira receber também podem ser de difícil precificação em função da liquidez e limitadas formas de negociação inicial;

  16. Riscos de Oferta e Demanda: Na medida em que a demanda pública de Criptomoedas diminua, ou a Carteira esteja incapacitada de encontrar um comprador interessado, o preço de Criptomoedas pode flutuar rapidamente e a Carteira pode não conseguir vender as Criptomoedas em sua posse ou custódia. Além disso, se o fornecimento de Criptomoedas disponíveis para o público aumentar ou diminuir de repente devido a, por exemplo, uma mudança no código-fonte da rede blockchain, a dissolução de um ambiente de negociação de moeda virtual ou a apreensão de Criptomoedas pelas autoridades governamentais, o preço de Criptomoedas pode flutuar rapidamente. Essas mudanças na demanda e na oferta podem afetar materialmente um investimento em Criptomoedas e, consequentemente, a Carteira. Adicionalmente, os governos podem intervir, diretamente e por regulamentação, no mercado de Criptomoedas, com o efeito específico, ou intenção, de influenciar os preços e a avaliação de Criptomoedas;

  17. Uso Comercial e no Varejo: Atualmente, há um uso relativamente modesto da Bitcoin e outras Criptomoedas no mercado de varejo e comercial em comparação com seu uso pelos especuladores, contribuindo assim para a volatilidade dos preços que pode afetar materialmente um investimento em Criptomoedas e, por consequência, a Carteira. Se as futuras ações ou políticas regulatórias limitarem a capacidade de possuir ou trocar Bitcoin e outras Criptomoedas no mercado de varejo e comercial, ou usá-las para pagamentos ou possuí-las em geral, o preço e a demanda por Bitcoin e outras Criptomoedas pode diminuir. Essa diminuição na demanda pode afetar materialmente o patrimônio líquido da Carteira; 

Gostou do que viu?

Não perca mais tempo!